NAVEGUE AQUI

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Coisas de Menino

Quando adolescente entrei em contato com as estórias dos Invencíveis Gauleses. Seus ícones: Obelix, Asterix e o famoso druida Panoramix, conhecedor único da porção mágica que tornava os guerreiros indestrutíveis. O lema de um bom gaulês era: “só tenho medo que o céu caia sobre minha cabeça.”

Eram contos hilários que satirizavam o poderoso Império Romano que mesmo com seu poderoso exército não conseguia vencer os gauleses. César tinha ataques de pânico quando ouvia falar da Gália. Um dia, um dos conselheiros disse a César que sabia como derrotar os, até então, invencíveis gauleses.

Foi-lhe apresentado um homem desprezível quanto à estatura, força, beleza e habilidades bélicas, fato que irritou muito o imperador: como alguém tão insignificante pode vencer uma tribo que meus poderosos legionários tremem só de ouvir falar? Seu conselheiro pede vênia, e apresenta sua arma secreta: origem: Cizânia. Habilidade principal: semear contenda entre os pares, sejam líderes, casais e até no alto comando.

Foi assim que o infiltraram, disfarçado de um pobre comerciante de bugigangas orientais e em pouco tempo o clima de conspiração estava instalado na aldeia gaulesa. Desapareceu a confiança, união, os inseparáveis Obelix e Asterix estavam intrigados e a tribo tornou-se vulnerável, culminando com uma batalha interna. Foi nesse momento que Roma atacou impondo uma derrota entre os até então invencíveis.

Agora, deixemos as coisas de menino e vejamos Provérbios 6.14-19 (NVI): 
"O perverso não tem caráter. Anda de um lado para o outro dizendo coisas maldosas; pisca o olho, arrasta os pés e faz sinais com os dedos; tem no coração o propósito de  enganar; planeja sempre o mal e semeia discórdia. Por isso a desgraça se abaterá repentinamente sobre ele; de um golpe será destruído, irremediavelmente. Há seis coisas que o Senhor odeia, sete coisas que ele detesta: olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, coração que traça planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal, a testemunha falsa que espalha mentiras e aquele que provoca discórdia entre irmãos."

Olhos altivos: alguém que se sente superior aos outros. Fp 2.3
Língua mentirosa: cria fatos sobre as pessoas. Filho do pai. Jo 8.44
Mãos que derramam sangue inocente: leva o inocente à morte. I Jo 3.15
Coração que traça planos perversos: age com segundas intenções. II Sm 16. 1-4
Pés que se apressam para fazer o mal: é ágil em fazer uma desgraça. Físico ou verbal.
Testemunha falsa que espalha mentiras: diz que viu e ouviu, sem ser verdade.
Aquele que provoca discórdia entre irmãos: transita bem entre os irmãos, enquanto espalha discórdia.
Esse último, com certeza veio da “cizânia”, é mestre em cisão e tem a capacidade de enfraquecer igrejas, promover cisões, separar irmãos usando a arma de destruição mais poderosa da terra: a língua. Não tenha dúvida: “a desgraça se abaterá repentinamente sobre ele; de um golpe será destruído, irremediavelmente.” (vs 15)

 Como podemos notar, isso não é coisa de menino. É nitroglicerina. “Sem lenha, o fogo se apagará; e não havendo intrigante, cessará a contenda”. (Provérbios 26:20)

Lição: A intriga e a discórdia anulam até poderes especiais.

Walter da Mata
COMPARTILHE:

5 comentários:

  1. Pastor achei muito interessante este texto, gosto de quando é feito além da história da bíblia,me envolvo mais e até entendo com facilidade... Obrigado! Como na palavra de Deus diz, ela nunca volta vazia. Papai do ceu te abençõe com essas palavras construtivaas!

    ResponderExcluir
  2. Pastor ...adorei o texto....muito bom! Gosto quando o Senhor contextualiza. Boca de Deus na igreja!!!!
    Deus abençoe

    ResponderExcluir
  3. Pastor Amós Batista,comentou por email:
    Com ceretza um texto extraordinário, como os que você sempre escreve. Texto enxuto e profundo em sua reflexão. Deus continue abençoando a sua vida.
    Semana de bençãos meu amado

    ResponderExcluir
  4. Mariano, por email:
    Gostei, Mata. Muito legal. Prossiga!
    Grande abraço,
    Mariano.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, serve para ficarmos mais atentos com os "cizãos" modernos.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir