NAVEGUE AQUI

sábado, 22 de março de 2014







           
O BICHO GENTE

            Um dos meus filhos, lá pelos três anos de idade, estava brincado com outras crianças. Sentindo-se contrariado por uma menina, levantou a mão para agredi-la. Meu pai estava perto e interveio: não faça isso. Ele apenas mudou a posição da mão, acariciou a face da menina e disse: que coisinha linda!
            Meu pai soltou uma risada gostosa e disse: a semente de Adão está bem viva.
            Quando criança faz isso, pode ser uma forma de proteger-se de possíveis represálias, mas quando é adulto que faz, é uma forma intencional de dissimular. (Ocultar os verdadeiros sentimentos; esconder suas reais intenções)
            Nós somos os únicos seres capazes de:
               Sentir uma coisa e expressar outra;
               Expressar uma coisa, sentindo outra;
               Sentir uma coisa, expressar outra e fazer outra.
            Resultados disso podem ser: a pessoa torna-se cínica ou entra em conflito internamente e, em uma hora qualquer, ela surta. 
            Quando esse cabo de guerra, entre o que é e o que pratica, mantém-se tensionado, a pessoa somatiza e morre. Não sei qual é o pior resultado.
            Por isso a integridade, isto é, ser inteiro, sem nenhum fracionamento, deve ser a busca de todo homem.

WalterdaMata
COMPARTILHE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário