NAVEGUE AQUI

sábado, 19 de julho de 2014





MORRE O  PAI DO PINTASSILGO
Homenagem a Rubem Alves

           Rubem Alves nasceu na cidade de Boa Esperança, no interior de Minas Gerais, em 15 de setembro de 1933. Foi um pensador de muitas frentes: psicanalista, educador, teólogo e escritor brasileiro, tendo escrito livros e artigos com temas religiosos, educacionais, existenciais e infanto-juvenis. Muitas de suas obras foram publicadas em outros idiomas, como inglês, francês, italiano, espanhol, alemão e romeno.
        Dos textos de Rubem Alves, o que mais me inspira é parábola do pintassilgo e as rãs. Resumo o texto assim: Um pintassilgo descobre um fosso escuro, sem alegria, cheio de gemidos e pouco arejado e em meio a isso, uma população de rãs bem adaptadas ao ambiente. Nosso passarinho, fica angustiado com a sub vida e decide falar das coisas belas que aconteciam fora do fosso e que estavam disponíveis para as rãs; falou de sol, cores, flores, perfumes, músicas de tonalidades variadas, vento, brisa e arco-iris; bastava saírem do fosso e desfrutariam de tudo isso. Era gratuito! 
        Suas palavras foram acolhidas como delírio, pregador de mentiras, enganador dos incautos e teve que bater asas e deixar o fosso, sob palavras de ordem: "Não ha vida fora do fosso"!. Porém, em sua angústia, anos  mais tarde decide voltar e insistir em uma vida nova para as rãs. Cheio de esperança e com sentido de missão, desceu ao fosso  e quando menos percebeu estava enjaulado, levado a morte e mumificado foi posto por memorial na ponta de uma estaca. O parábola me lembra o pintassilgo por excelência: JESUS DE NAZARÉ!
        Sua inscrição era algo assim: Aqui está quem ensinou que existe um outro mundo, que não o nosso fosso "maravilhoso"! 
        Esta parábola me inspira a viver e falar de coisas novas  na minha vida,  família, igreja, instituições para-eclesiásticas, cidade, política e enfim, na vida. Podemos fazer diferente, para tanto, precisamos escutar outras vozes, discernir e aplicar as transformações tão necessárias para renovação da vida.
Enfim, precisamos ter coragem para sair do fosso!
WalterdaMata
COMPARTILHE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário