NAVEGUE AQUI

sábado, 26 de dezembro de 2015

FELIZ MALA VELHA!






Fui à loja para comprar uma mala novinha. Quero viajar para o réveillon, com uma mala sem uso algum. A mala  antiga tem histórias, já me acompanhou por vários lugares, de alguma forma já me cansei  dela, pois  ao mesmo tempo que me traz boas recordações, também me faz lembrar de momentos desagradáveis.
Então, adeus mala velha!
A questão, é que gerente da loja de malas, me informou que cada pessoa só recebe uma mala para a viagem da vida, e ao longo de tempo nós vamos colocando e tirando coisas de dentro dela; às vezes nos descuidamos e a deixamos meio  à vontade, mas não tem jeito, uma hora temos que pegar na alça da mala e ir em frente.
O problema é quando nossa mala perde a alça. Fica incômodo carregá-la, mas não deixa de ser a nossa mala.  Com alça ou sem alça, precisamos dela para entrar no novo ano. Então vamos arrumar a viagem!
Recoloque a alça. É o lugar da pegada. Sem um pegada firme, o novo ano não será  melhor que o que está findado.  Sua mala vai sendo empurrada de um lugar para outro e por todo mundo. Fica como se não tivesse dono. Então, vamos lá: defina para onde você e sua mala irão no novo ano.
Veja o que tem dentro dela. Se não há coisas ocupando espaços, que para onde você está indo não terão o mínimo significado, apenas acrescentam peso. Boa lembrança! Você sabe para onde está indo? Isso é muito importante para definir o que deve levar e tirar da mala. Que tal fazer um desapego agora? Liste algumas coisas que não devem ocupar espaços em sua vida no ano que está entrando.
Agora que você desocupou espaços mal utilizados, sobrou espaço para entrar o que de fato você precisa levar? Liste as coisas que não podem faltar no ano vindouro e corra para adquiri-las, pois o voo para o ano novo já está confirmado no painel.
 Pra terminar, quem pode abrir sua mala? É perigoso seguir viagem sem que mais alguém conheça o segredo de nossa mala, pois a memória pode falhar, acidentes acontecem, e é bom ter alguém por perto para nos lembrar o que não mais faz parte de nossa vida, mas que insistimos em contar com elas; e quais as coisas novas que inserimos e que precisamos colocá-las em uso, para não se tornarem inúteis. Em tempo, não caia nessa conversa de gente machucada, que sozinho é melhor. O rei mais sábio que já existiu, disse: “ai de quem estiver só”.
Já fomos informados que em poucas horas sai o voo para um novo tempo e os passageiros já devem se encaminhar para sala de embarque.  Boa viagem!
FELIZ MALA VELHA!
                                                                         Walter da Mata

                                                                               26/12/15
COMPARTILHE:

7 comentários:

  1. Mt bom. FELIZ Mala velha para vc tb!!! Bênçãos mil em 2016!!!

    ResponderExcluir
  2. Pastor, suas reflexões são uma benção. Não é a primeira vez que elas me ajudam na hora certa.
    Alda Cristina - via Facebok

    ResponderExcluir
  3. Texto excelente pastor ! Me edificou muito
    Jasom Martins via FAcebook

    ResponderExcluir
  4. Muito Boa reflexão. O ano de 2015 foi de muitas novidades inesperadas. Talvez por não ter criado expectativas ou não ter me apagado demais às pessoas, coisas ou situações. Deu certo. TERMINO o ano com saldo positivo e com o desejo de seguir o IDE do SENHOR JESUS . Deixar fluir acontecer do jeito que ELE determinar ,nem todos entendem ou compreendem mas é do jeito que sinto ,amor incondicional pelas Almas, vidas que necessitam desse grande AMOR
    Terezinha Silva - via facebook

    ResponderExcluir
  5. Boa....eu preciso desapegar de coisas velhas
    Alianete Oliveira Almeida via facebbok

    ResponderExcluir
  6. Pastor, um Feliz ano novo com toda sua família e ovelhas, sabendo que em 2016 Deus continuará lhe protegendo, prosperando e abençoando com toda sorte de bençãos.
    Omar Gerolim e familia

    ResponderExcluir
  7. Ou seja:
    Não importa a idade da mala, o que interessa mesmo, é seu estado de conservação!

    ResponderExcluir