NAVEGUE AQUI

sábado, 25 de fevereiro de 2017

CULTURA DE TIRAR VANTAGEM




        Qual a vantagem de tal cultura? Talvez agora possamos refletir sobre isso. Todas as vezes que um indivíduo ou grupo ganha mais do que deve, em detrimento e prejuízo do coletivo, esse pequeno vai se tornando cada vez mais poderoso e o coletivo cada vez mais enfraquecido, porém, mais irado. Só que esse coletivo vai se esgotando, ou melhor, sendo esgotado, pois de onde só se tira, uma hora acaba e nessa hora o enfraquecido vira bicho. E bicho animal é mais fácil de domar, que bicho gente.
    Foi isso que a classe política do Brasil fez durante décadas: levou vantagem. Tem os maiores salários, menor tempo de trabalho, maior tempo de férias, aposentadoria com privilégios de deuses do olimpo, melhor assistência na educação, saúde e segurança; tudo isso tirando vantagem de um coletivo cada vez mais esgotado em seus direitos básicos. Então, o povo fraco, virou bicho, e o bicho gente, quando vira bicho, não tem domador que controle.
     Então, que os “deuses endemonizados” do olimpo dos três poderes, abram as comportas de devolvam tudo que nos foi roubado e ponham fim a essa sangria desatada em nossa jugular. Que nunca mais nos olhem otários, de onde se pode tirar tudo, inclusive a dignidade.
   PELO FIM DOS PRIVILÉGIOS DE QUEM TEVE O PRIVILÉGIO DE ESTAR NO LUGAR FEITO PARA SERVIR!
                                    Walter da Mata
COMPARTILHE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário