NAVEGUE AQUI

sábado, 26 de janeiro de 2019

VALE DE LAMA






Quanto vale a Vale
Agora que a lama escoou
Cobrindo de barro
A vida vinda do barro?

Lama acumulada
Pessoas no vale
A Vale não percebe
O quanto a vida vale

Vale é lugar fundo
Espaço de depressão
A vida se escoa
O Homem já não vale

O vale feito na Vale
Garante da família o pão
O dinheiro já não vale
Se a morte levou o peão

Homens, mulheres
Crianças e também animais
A vale  joga lama
A vida dos profissionais

A Vale de muito dinheiro
Jogou no vale da morte
Ribeirinhos lutadores
Da terra tirando a sorte

A vida nada vale
Quando a Vale faz a conta
O vale que indeniza
Pro morto nada adianta

Walter da Mata 26/01//2019





COMPARTILHE:

Nenhum comentário:

Postar um comentário